Projeto Brotar

Ensinando e Aprendendo Educação Ambiental com Crianças.

O Projeto Brotar busca, através da educação ambiental crítica, levar às crianças conhecimentos e informações sobre o meio ambiente em que estão inseridos, almejando estimular um pensamento mais crítico em relação às problemáticas ambientais.

Desde 2013 (ano em que o projeto foi criado) à 2016, as atividades foram desenvolvidas na Casa dos Girassóis, uma instituição não governamental de contra turno escolar e sem fins lucrativos, localizada no Centro de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Em 2017, as atividades foram desenvolvidas na Casa São José, uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, viabilizada e mantida pela Ação Social da Trindade, que atende em contraturno escolar crianças de escolas públicas do bairro com vulnerabilidade socioeconômica. Ela está localizada na Serrinha em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.  

Nossa metodologia em 2017 se baseou em encontros temáticos com as crianças. Foram realizados dez encontros semanais em cada semestre, para turmas com vinte crianças de sete a onze anos. Os encontros seguiram os temas: “Meio Ambiente”, “Flora”, “Fauna”, “Solo”, “Poluição da água e do solo”, “Lixo: de onde ele vem”, “Lixo: para onde ele vai?”, “3Rs”, “Desmatamento”.

Todas as atividades foram idealizadas para que todos os alunos tivessem a oportunidade de participar ativamente das dinâmicas. Para que isto fosse possível, a turma era dividida em três grupos, sendo que cada grupo contava com um bom número de educadores (de duas a três pessoas), o que também permitiu uma maior proximidade com os educandos.

Para 2018 o projeto pretende reformular a estrutura dos encontros, tornando-os mais longos porém menos frequentes, buscando desta maneira permitir uma maior preparação do grupo e um maior aprofundamento das temáticas abordadas em sala.