Projeto Brotar

Projeto Brotar – Ensinando e Aprendendo Educação Ambiental

O Projeto Brotar tem como proposta abordar a temática “Meio Ambiente” envolvendo: o conceito de “meio ambiente”, questões sobre a problemática do lixo , alimentação e a compreensão sistêmica do meio em que se vive (percepção do envolvimento entre os itens bióticos e abióticos).

Tem como principais objetivos estimular o consciente do educando a pensar, refletir e agir sobre a cidadania sustentável, promovendo a compreensão do contexto socioambiental em que ela está inserida. Também procura incentivar a construção de valores, conhecimentos e atitudes voltadas para a preservação do meio ambiente; e por fim, favorecer o desenvolvimento de autonomia, responsabilidade e respeito a fim de que os educandos reconheçam seu papel de protagonistas e atores sociais no ambiente em que vivem.

O Projeto Brotar trabalha com crianças de seis a dez anos. A metodologia do projeto é baseada na aprendizagem significativa crítica, amplamente desenvolvida por Paulo Freire no Brasil. Esta pedagogia busca desenvolver a pró-atividade, espírito crítico e cooperativo, através de atividades que levem à percepção do contexto socioambiental vivenciado pelo educando.

Entre as atividades realizadas estão: dramatização, produção de horta comunitária, atividades plásticas (pintura, desenho, modelagem) e manipulação de mudas de espécies nativas. Dentre estas, atividades como visitação à diferentes ambientes também já foram realizadas para melhor desempenho do trabalho, incluindo visitas à horta do projeto GEABio – CCB/UFSC (Grupo de Educação e Estudos Ambientais) e ao Parque Ecológico do Córrego Grande

Nos anos de 2013 – ano em que foi criado -, 2015 e 2016, o Projeto atuou na Casa dos Girassóis, com encontros quinzenais. A “Casa dos Girassóis” é uma ONG que se ocupa de atividades educativas com crianças e adolescentes no período do contra-turno escolar, localizada na comunidade Mont Serrat, próximo à Av. Mauro Ramos, no centro de Florianópolis.

Em 2017, o Projeto vem atuando na Casa São José,  com uma turma de 7 a 9 anos, realizando encontros semanais. A Casa São José localiza-se na Serrinha, e é uma entidade não governamental, viabilizada e mantida pela Ação Social da Trindade. Ela atende crianças no contra-turno escolar desenvolvendo atividades sócio-educativas.

 

 

Visita dos alunos da Casa dos Girassóis ao Parque Ecológico do Córrego Grande para realizar o plantio de mudas de espécies nativas.